sábado, 7 de janeiro de 2017



2017
Resultado de imagem para ano novo





Virei o ano com duas leituras: Baudolino, de Umberto Eco, e Pétala Escarlate, Flor Branca, de Michel Faber. O primeiro brinca com a ideia de palimpsesto e da origem das línguas nacionais, o segundo, completamente diferente, é um romance histórico que retrata o período vitoriano e tem o charme de um narrador em segunda pessoa, coisa rara e bem realizada em uma longa parcela da trama, depois substituído por um narrador heterodiegético onisciente. Recomendo os dois. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário