sábado, 7 de janeiro de 2017

"Ninguém é igual a ninguém, todo ser humano é um
 estranho ímpar"

                                                                                            Carlos Drummond de Andrade.



Nenhum comentário:

Postar um comentário